Home » Jornadas de português para docentes

Jornadas de português para docentes

As “Jornadas de Português” nascem da necessidade de dar apoio a docentes do ensino secundário. As formadoras de Ciranda estão em contato permanente com os professores e professoras por causa dos obradoiros #Sabemosportugues. No decorrer dos obradoiros os docentes transmitiram-nos em diversas ocasiões dúvidas em relação à questão do portugués nos seus centros e, nomeadamente, na sua cadeira. Por um lado alguns manifestavam vontade de tratar temas relacionados com o português na sua disciplina (na grande parte dos casos, docentes de Língua e literatura galega); por outro lado, também queriam saber qual o procedimento para introduzir uma linha de português no seu centro. Também tivemos conhecimentos destas necessidades através da livraria Ciranda, especializada em livro em português e situada na parte velha de Compostela. Não são poucos os professores e professoras que começam a sua aventura no ensino do português e chegam à nosa livraria procurando conselho.

Em 2014 foram as “I Jornadas de Português” homologadas pela Xunta de Galicia e o programa foi este:

  • O português: a nova estratégia linguística no ensino, com Valentim Fagim e José R. Pichel, autores do livro: O galego é uma oportunidade

  • Como introduzir o português no teu centro de ensino e algumas experiências

  • Aproximando o galego do português nas aulas de língua, com Eduardo S. Maragoto, autor do livro: Como ser reintegracionista sen que a familia saiba.

  • Recursos úteis para as aulas, com Antia Cortiças (professora na EOI de Ferrol) e Joseph Ghanime (professor na EOI de Compostela)

Em 2015 as “II Jornadas de Português”, também homologadas, contaram com o seguinte programa:

  • Primeiros passos no ensino do português no ensino secundário (Antia Cortiças Leira, professora de português na EOI de Ferrol e Joseph Ghanime, professor de português na EOI de Santiago)

  • O ludismo nas aulas de língua (Valentim Fagim, professor de português na EOI de Ferrol)

  • O português nas PAU (Maria D. Pinheiro, professora de português no IES Nosa Senhora dos Olhos Grandes, Lugo)

  • Aprendizagem colaborativa de português nas redes sociais (Carlos Valcárcel, professor de didática de línguas estrageiras na Faculdade de Ciências da Educação e do Desporto de Ponte Vedra (Universidade de Vigo)